Inquietudes Urbanas: Plano Diretor: por quem, para quem – no Maria Antonia

 

Inquietudes Urbanas: Plano Diretor: por quem, para quem – debate com Guilherme Boulos, Guilherme Wisnik e Nabil Bonduki, no Maria Antonia

  • debate
9 de novembro
segunda, 19h
inquietudes urbanas – plano diretor: por quem, para quem
Guilherme Boulos, Guilherme Wisnik e Nabil Bonduki
entrada franca
retirar senha 30 min. antes

http://mariantonia.prceu.usp.br/?q=eventos/inquietudes-urbanas-plano-diretor-por-quem-para-quem

No dia 9 de novembro, às 19h, acontece no Centro Universitário Maria Antonia o debate Plano diretor: por quem, para quem, que faz parte da série Inquietudes Urbanas.

Nesta edição, o evento aborda os avanços e os limites do mais recente Plano Diretor Estratégico de São Paulo, aprovado em 2014, discutindo de que maneiras é possível transformar diretrizes de legislação em realidade e como alcançar metas democráticas incluindo vozes diversas, analisando qual o real poder de alcance de um Plano Diretor.
A série de debates Inquietudes Urbanas está voltada para a discussão das relações entre a universidade pública e a cidade no contexto contemporâneo, trazendo à tona questões nas quais os mais diversos problemas ligados à violência e à segregação social, entre outros, contracenam com o papel formador do ensino universitário, entendido como o ‘lugar’ em que as fissuras da sociedade são tratadas de forma crítica.
Guilherme Boulos é formado em Filosofia pela FFLCH-USP, dirigente do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto e militante da Frente de Resistência Urbana. É autor de De que lado você está?: reflexões sobre a conjuntura política e urbana no Brasil (Boitempo, 2015) e colabora semanalmente com a Folha de S. Paulo.
Guilherme Wisnik é doutor pela FAU-USP, onde leciona no Depto. de Teoria e História. É membro da Latin American Studies Association e publicou, entre outros, Lucio Costa (Cosac Naify, 2001) e Estado crítico: à deriva nas cidades (Publifolha, 2009). Foi o Curador-Geral da X Bienal de Arquitetura de São Paulo (2013).
Nabil Bonduki é professor da FAU-USP, secretário municipal de Cultura de São Paulo, relator do Plano Diretor e vereador pelo PT. Autor, entre outros, de Origens da habitação social no Brasil (Estação Liberdade, 2011) e Intervenções urbanas na recuperação de centros históricos (IPHAN / Programa Monumenta, 2012).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s