1500 mulheres do Movimento de Trabalhadores e Trabalhadoras Sem Terra (MST) ocupam as dependências da mineradora Samarco/Vale em Mariana

1500 mulheres do Movimento de Trabalhadores e Trabalhadoras Sem Terra (MST) ocupam as dependências da mineradora Samarco/Vale em Mariana
https://www.facebook.com/jornalistaslivres/posts/349409251849625
Jornalistas Livres adicionou 3 novas fotos.

|ACONTECE AGORA|

1500 mulheres do Movimento de Trabalhadores e Trabalhadoras Sem Terra (MST) ocupam as dependências da mineradora Samarco/Vale em Mariana nesta manhã (8). Os trilhos, as estradas e a produção do complexo encontram-se paralisados.
O ato lembra os quatro meses do crime do rompimento da barragem de Fundão, do qual os atingidos ainda não foram reparados.
Este é o início do Dia Internacional de Luta das Mulheres em Minas Gerais.
“Nossas propostas: Neste 8 de março as mulheres em luta, organizadas nos movimentos sociais propõem um projeto popular de mineração. O que significa implantar um modelo não predatório, regulado pela necessidade social, com a participação das comunidades, maiores e mais eficazes instrumentos de fiscalização e prevenção de desastres.”
Foto: Geanini Hackbardt / Comunicação MST

INÍCIO 

var linkwithin_site_id = 2445455; http://www.linkwithin.com/widget.jsRelated Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s